Tagged: paternidade

Comments

Criança é prioridade nas Eleições 2018. Participe da campanha

A Rede Nacional Primeira Infância (RNPI), associação da qual o Diário do Papai faz parte com muito orgulho, quer convocar na campanha das eleições 2018 todas as candidatas e candidatos à presidência da República e aos governos estaduais para que assumam um compromisso público pelos direitos das crianças na primeira infância.

E a ajuda de cada um de vocês é muito importante.

Comments

3 livros para apresentar a cultura indígena aos pequenos

Antes dos europeus chegarem por aqui, nosso país era todo formado por povos indígenas. Hoje, infelizmente, poucas tribos restaram, mas elas ainda resistem! Conhecer essas raízes é muito importante para valorizarmos parte de quem somos. Por isso, apresentar desde cedo aos pequenos a cultura indígena é fundamental para que as novas gerações não se esqueçam das raízes que formam o povo brasileiro.

Pensando nisso, o Blog Leiturinha preparou uma dica super especial: 3 livros infantis sobre cultura indígena! E que o Diário do Papai repassa aqui.

Comments

90 milhões de crianças vivem em países onde pais não têm direito à licença paternidade remunerada

Dois de cada três bebês vivem em países onde os pais não têm direito a um único dia de licença-paternidade remunerada. Por isso, o UNICEF apela por investimentos em políticas favoráveis à família que apoiem o desenvolvimento da primeira infância, incluindo licença-paternidade e licença-maternidade remuneradas, educação infantil gratuita e intervalos para amamentação remunerados

Comments

O que você precisa saber para sobreviver à primeira adolescência: os terríveis dois anos

Sabe o que é a primeira adolescência? Aqui você encontra o que você precisa saber para sobreviver aos terríveis dois anos. Aquele doce de criança da foto acima parece ter ficado no passado. Sua filha agora passa a fazer birra por qualquer coisinha, esperneia, grita e muda de humor repentinamente. Não é o fim do mundo, é o chamado “terrible two”, os “terríveis dois anos”. Mas há uma chance para nós papais sobrevivermos a essa fase?

adotar criança Comments

Estamos realmente prontos para adotar uma criança?

Costumo sempre afirmar que a adoção, antes mesmo de ser um encontro de almas,é uma via de mão de dupla. Por um lado, crianças e adolescentes, excluídos, sem famílias e sem amor, necessitando de um lar. De outro, pretendentes buscando realizar o sonho da maternidade/paternidade e na maioria das vezes, preencher um vazio em suas vidas. Adotar uma criança é o caminho. Mas, estamos prontos?